Translate

sábado, 7 de julho de 2012

Simulador de Fluxo de Caixa para Fazendas de Leite - Capítulo 5

A pecuária de corte é um negócio de baixo risco e consequentemente de baixa lucratividade. Já a pecuária de leite é um negócio extremamente perigoso, pois o produtor sempre parece estar a um ou dois passos da produção ideal que lhe dará uma margem boa e uma razoável  segurança para enfrentar as tempestades que acometem periodicamente  o setor, pois para o governo, pinga e cerveja são produtos essenciais enquanto o leite é considerado um produto supérfluo e é praticamente desconhecido dos políticos em geral.  
E o caminho mais rápido para o insucesso é não possuir um controle adequado do seu fluxo de caixa mensal, que é somatório dos valores gastos e recebidos na atividade durante um período definido.
Empresas trabalham com mecanismos mais complexos que são as ferramentas de análise de retorno financeiro, mas se você é um produtor rural, não perca seu precioso tempo com estas ferramentas, pois elas podem até lhe dar perspectivas positivas enquanto você está em processo de falência irrecuperável.  Deixe estes brinquedos caros para os profissionais. Eles cuidarão deles com muito carinho tentando enganar seus chefes, sempre com ajuda da estatística, que é a arte de mentir com precisão.
Na figura acima, vocês têm uma ferramenta bastante simples, em excel, que desenvolvi no início da minha atuação na atividade e que me ajuda e às vezes me assusta  muito. Nas fases boas ela me dá a tranquilidade para gastar e geralmente invisto  além do permitido e nas fases ruins, as simulações são sombrias  e me fazem esgotar os últimos estoques de minha criatividade,  para manter o barco a tona, até  a tempestade passar.
Um conselho, não  mostre o simulador a sua mulher pois ela vai ficar repetindo: eu falei, fazenda é um  buraco sem fundo, blá , blá, blá...Pausa, as mulheres são mais realistas e menos sonhadoras e às vezes um pouco de realismo faz bem.
O simulador de Fluxo de Caixa ou Cash Flow, lida com todos os custos variáveis, cujo o principal é o gasto com alimentação. É variável pois depende do numero de vacas e da produção delas. O outro ítem,  são os Custos Fixos, como, por exemplo, os salários dos funcionários, seguros, etc. Eles são mais ou menos constantes ao longo de um período.
O último componente do simulador  são as receitas, da venda do leite e de animais.
O resultado de tudo isto, te dá a noção exata da sua situação e o simulador também te informa quanto litros de leite você teria que produzir para atingir o ponto o seu ponto de  equilíbrio na atividade, o chamado break even ou quanto deveria valer o litro de leite para sua atividade ser lucrativa. 
Nesta planilha não entra os valores dos investimentos em animais, terras e maquinários. Isto só é considerado na planilha de análise de retorno do investimento, que lhe dirá basicamente se era melhor você ter aplicado seu dinheirinho na poupança ou ter entrado na atividade leiteira. 
O Simulador de Fluxo de Caixa tem que ser alimentado pela planilha de controle de prenhez de seus animais, que lhe dirá quantas vacas você terá em lactação mês a mês, e conhecendo a média de cada animal, você poderá fazer uma simulação ao longo do ano, de custos e receitas. Assim, você terá uma noção muito precisa se num determinado mês você precisará comprar animais para aumentar a produção e assim cobrir os custos, ou terá disponibilidade de vender animais para obter um resultado positivo ou aumentar seu lucro.
Isto exige muito trabalho e um controle muito eficiente e uma perfeita noção de todos os custos envolvidos na sua atividade.

A maioria dos produtores não tem a menor noção do que está se passando e frequentemente fracassam. O  simulador por si só não garante que você será bem sucedido na atividade, pois isto depende de uma série de outros fatores. Como minha vó dizia, quem não têm competência não se estabelece e eu adiciono outro fator fundamental: é preciso ter a perfeita noção de timing, saber a hora certa de recuar e vender animais para fazer caixa e identificar o momento propício de avançar. A Atividade Leiteira não é definitivamente um negócio linear, no qual você estabelece metas que serão perseguidas ao longo de um período. Ela é mais parecida como uma batalha, em que não raro táticas de guerrilha são mais eficientes. 

EUCLIDES DA CUNHA escreveu isto para os combatentes de Canudos mas, é válido também para os produtores de leite: “Atravessa a vida entre ciladas, surpresas repentinas de uma natureza incompreensível, e não perde um minuto de tréguas. É o batalhador perenemente combalido e exausto, perenemente audacioso e forte; preparando-se sempre para um recontro que não vence e em que se não deixa vencer.”
Interessados no simulador exibido na figura acima, podem pedir uma cópia no email rogerio.ruffino@gmail.com.
A seguir, duas simulações de resultados de fluxo de caixa:


Exemplo1: Fluxo de Caixa para  60 vacas em lactação e preço de 80 centavos por litro para diferentes médias de lactação por animal. Custos Fixos e Variáveis relacionados na planilha.



Como podemos ver o ponto de equilíbrio se dá quando a média de produção do rebanho atingir 22 litros / dia.

Exemplo 2: Fluxo de Caixa para 60 vacas em lactação e média de lactação de 18 litros / animal para diferentes preços pagos por litro de leite.Custos Fixos e Variáveis relacionados na planilha.


Neste caso nada podemos fazer, mas o preço do leite para um fluxo de caixa positivo para esta média de produção seria de R$ 1,00 por litro.


9 comentários:

  1. Rogerio, boa tarde.

    Você poderia compartilhar algumas planilhas de controle utilizada por vocês ?

    Obrigado e parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Você poderia compartilhar algumas planilhas de controle utilizada por vocês ?

    Obrigado.

    advcont1@hotmail.com

    Francisco Salvatierra

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Rogério,

    muito interessante suas publicações. Poderia me enviar a planilha?
    Vicente Campos
    vicentecaf@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Ola, você poderia disponibilizar as planilhas que você usa ou o nome do programa? Agradeço desde já

    otavioscarpari@gmail.com
    otavioscarpari@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Rogério,

    Achei muito interessante sua abordagem de custos. Você poderia compartilhar uma cópia comigo? Agradeço pela colaboração desde já!

    joao.rafael@ufv.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Rogério,

    Achei muito interessante sua abordagem de custos. Você poderia compartilhar uma cópia comigo? Agradeço pela colaboração desde já!

    joao.rafael@ufv.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Rogério,

    Achei muito interessante sua abordagem de custos. Você poderia compartilhar uma cópia comigo? Agradeço pela colaboração desde já!

    vimef@vimef.com.br

    obrigado
    João Vieira(34) 9 9914 1159

    ResponderExcluir
  8. boa tarde, muito interesse. poderia compartilhar a planilha?

    gustavoquaresmafreitas@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, muito interessante, gostaria de receber e usar sua planilha nas fazendas que assisto!
    adrianocgvet@hotmail.com

    ResponderExcluir